OIT (2019)

Trabalho análogo à escravidão na indústria da moda

Clique aqui para acessar o guia de estudos

Clique aqui para acessar o guia de regras

Clique aqui para acessar o blog do comitê

A Organização Internacional do Trabalho (OIT – 2019) discutirá legislações para combater o trabalho análogo à escravidão na indústria da moda. Segundo a Fundação ‘Walk Free’ (2018) cerca de 40 milhões de pessoas vivem em trabalho análogo a escravidão nos dias atuais. A moda é a segunda categoria de exportação que mais explora o trabalho forçado no mundo, tendo como as principais vítimas mulheres e crianças. O consumidor é o responsável pela renda anual da indústria, que chega até a trilhões de dólares por ano muitas vezes explorando os menos favorecidos. A OIT pauta sua atuação na busca para promover condições de trabalho decente para os seres humanos em condições de equidade, liberdade, segurança e dignidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s