Documento de Posição Oficial (DPO)

Olá delegados e delegadas!

O post de hoje é uma colaboração do CSW 7 e é sobre a importância do Documento de Posição Oficial – DPO – e auxilia-los em sua produção.

Este é um documento muito importante, visto que irá ajuda-los a organizar suas ideias e informações acerca da delegação que irão representar, de forma a norteá-los em seus discursos nos dias da simulação. Por isso, é primordial que ele seja elaborado com bastante cautela, após uma boa pesquisa. É a partir da pesquisa que adquire-se as informações necessárias para compor seu DPO, por isso recomenda-se a leitura do Guia de Estudos do Comitê, dos dossiês e dos posts do blog, além de uma busca no site oficial da sua delegação.

COMO FAZER UM DPO?

Esse documento é redigido pelos delegados com o intuito de apresentar o posicionamento do país ou organização que ele representa sobre o tema proposto pelo Comitê, ou seja, sobre os direitos civis e políticos das mulheres. Os DPOs devem ser obrigatoriamente entregues à mesa diretora no primeiro dia de simulação, e permitem que os delegados tenham conhecimento acerca dos posicionamentos dos delegados antes das discussões. Eles ficarão disponíveis durante todo período de debate, permitindo que os delegados os consultem quando acharem necessário. Com isso, pode-se descobrir quem compartilha de um mesmo posicionamento e pode ser um aliado dentro do Comitê, quem defende posições contrárias e quem está fugindo de sua política externa.

É importante ressaltar que deve-se realizar um distanciamento entre concepções e ideologias pessoais durante o processo de produção de um DPO. Ainda que o posicionamento do país que irão representar seja completamente contrário ao que defendem pessoalmente, isso não poderá ser demonstrado nem no documento, nem durante as discussões do Comitê. Atentem-se de que estão representando um papel, e, por isso, é necessário que sigam a política externa de sua delegação.

No DPO deve conter o que o país de sua representação defende; em que discorda; quem ele apoia; quais suas prerrogativas; quais são suas expectativas para os debates; como o problema proposto pelo Comitê afeta seu país; quais são as políticas do seu país em relação à questão; o que seu país gostaria de cumprir na resolução do comitê; etc. Mas lembrem-se: o Comitê ocorre no ano de 2015 e as informações e ideias contidas no documento devem estar embasadas em fatos que ocorreram até essa data.

Abaixo segue um modelo de DPO, com as instruções mais detalhadas. De forma geral, o documento deve ser redigido em fonte Times New Roman ou Arial tamanho 12, e deve se restringir à somente uma lauda. No cabeçalho, apresente as informações técnicas: o nome da sua delegação, o nome do delegado e o nome da instituição de ensino em que estuda. Além disso, no canto superior direito do cabeçalho, deve-se inserir o brasão de armas da delegação, ou a logomarca no caso dos membros observadores. Pode-se inserir também, no lado superior esquerdo a bandeira da delegação, mas não é obrigatório. Abaixo do cabeçalho, é colocado o Tema que será trabalhado no Comitê e, em sequência, o órgão representado pelo Comitê e a data em que ele ocorre. Concluído isso, passa-se a redigir o posicionamento da delegação acerca do tema, e por fim, no fim da página, deve conter a assinatura do delegado.

O link do modelo de DPO está disponível neste link

Fonte: Documento de Posição Oficial (DPO)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s