AS ORIGENS DA GUERRA NO KOSOVO

113

A tensão entre a província autônoma do Kosovo, de maioria albanesa, e o que restou da Iugoslávia começou a crescer desde o fim da guerra na Bósnia, visto que o governo iugoslavo temia mais um conflito separatista, que poderia ser agravado devido as diferenças étnicas existentes entre a maioria no território (sérvios) e a predominância kosovar (albaneses). Em 1998, os confrontos entre as forças de segurança sérvias e o Exército de Libertação de Kosovo (ELK) se intensificaram, após a reação violenta da sérvia às manifestações e tentativas de acordo que vinham ocorrendo.

Esse conflito foi a primeira intervenção da OTAN que alegava motivos humanitários, visando evitar uma limpeza étnica (a expulsão ou eliminação de uma etnia de um determinado território) e estupros sistemáticos de mulheres (que segundo a lei vigente, tendo filhos de pais sérvios, dariam à luz a crianças “sérvias legítimas”) promovidos por Milosevic para expulsar os kosovares, de etnia albanesa, e fazer dos sérvios a maioria no Kosovo.

A OTAN interviu na guerra, fazendo o uso de força militar sem a aprovação do Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU). Os bombardeios aéreos da OTAN às cidades de Belgrado e Novi Sad, acarretaram a morte de centenas de civis inocentes, além da destruição da infraestrutura civil e militar da região. Porém obrigaram Milosevic a aceitar o acordo de Rambouillet, que propunha autonomia administrativa e cultural para a província de Kosovo, mas sem independência.

Entretanto, segundo Milosevic a mídia ocidental difundiu a imagem de que a Sérvia invadiu a província de Kosovo, realizando por consequência atos de agressão contra a população local. Ocorre que o Kosovo sempre pertenceu à Sérvia, sendo um lugar sagrado para os de fé cristã-ortodoxa, onde se realizavam rituais religiosos praticados desde o século XIV, possuindo assim grande força simbólica para a maioria dos iugoslavos. Não se tratava, pois, de uma invasão estrangeira seguida de ocupação militar, mas sim de uma guerra civil travada entre o governo central e uma província separatista. Além disso Milosevic também afirma que considera Kosovo como o berço do nacionalismo sérvio, pois lá, em 1389, eles foram derrotados pelos invasores do Império Otomano. O presidente argumenta que queria evitar que a Iugoslávia perdesse mais territórios do que já ocorreu no começo dos anos 90. E por tais razões, não queria ceder a independência ao povo kosovar. Há quem acredite que, a população vítima da guerra, os kosovares, conseguiria chegar num acordo com a Iugoslávia, sem ter que sofrer bombardeios e mortes geradas pela interferência da OTAN.

Portanto ao se tratar da guerra de Kosovo, deve-se avaliar ambas posições referentes as ações tomadas pelos envolvidos para evitar conclusões e julgamentos precipitados.  Procurar entender as razões que levaram a intervenção da OTAN, lembrando de desdobramentos que ocorreram em situações parecidas no passado. Também levar em consideração o ponto de vista do povo sérvio, que estava em um conflito a fim de garantir a integridade de seu território, mas que talvez não alcançasse as dimensões obtidas na guerra se não fosse pelas interferências.

Texto por: Isis Couto

FONTES:

Monografias Brasil Escola, Guerra de Kosovo, escrito por Tatiana Nakabayashi. Disponível em: http://monografias.brasilescola.uol.com.br/historia/aguerra-kosovo.htm Acesso em: 29/09/2017

BBC News, Milosevic’s Yugoslavia, disponível em: http://news.bbc.co.uk/hi/english/static/in_depth/europe/2000/milosevic_yugoslavia/default.stm Acesso em: 29/09/2017

A legalidade da intervenção da OTAN no Kosovo, por Rodrigo Fernandes More, publicado em 11/2002, disponível em: https://jus.com.br/artigos/3437/a-legalidade-da-intervencao-da-otan-no-kosovo/2 Acesso em: 29/09/2017

Relembre as guerras na antiga Iugoslávia nos anos 1990, revista Super Interessante, por Salus Loch, publicado em 25/05/2015. Disponível em: https://super.abril.com.br/historia/relembre-as-guerras-na-antiga-iugoslavia-nos-anos-1990/ Acesso em 29/09/2017

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s