Minha delegação tem poucas informações sobre o tema

Minha delegação tem poucas informações sobre o tema. O que fazer? Como me preparar?

panic

Apesar de ter poucas informações sobre o tema no país que você representa, é possível que se articule as posições que você irá tomar fazendo aliados e propondo soluções que já dão certo para o seu país. Para contornar a situação e se preparar bem, a equipe CDH preparou três dicas de estudo para verificar uma tendência de posição do país que você representa sobre a questão da mulher e dos Direitos Humanos.

• Olhar leis específicas do país para as mulheres e, mesmo que não sejam seguidas, se posicionar de acordo com o que foi aprovado nelas.

• Uma outra alternativa é verificar os tratados internacionais sobre a mulher que falam sobre mutilação genital feminina, por exemplo a Declaração sobre a Eliminação da Violência contra as Mulheres (CEDAW), a Convenção contra a Tortura e outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Inumanas ou Degradantes (CAT), ou a Convenção sobre os Direitos da Criança (CHR). Se o país que você representa ratificou o Tratado é obrigação do país o seguir. Caso não tenha ratificado é possível um posicionamento contrário.

•Chec ar o posicionamento do país que você representa nos antigos debates sobre os Direitos Humanos (o site do ACNUDH tem todas as resoluções de reuniões antigas). Se o país seguir uma linha mais universal, ou seja, seguindo os Direitos Humanos você pode seguir essa linha também.

Bons estudos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s